Calçados apertados? Cuidado!

Pra falar sobre calçados apertados, convidei quem realmente entende do assunto: a podóloga Joana D’arc (que dá dicas ótimas no @PodologiAtibaia).

A escolha do tamanho certo do calçado é fundamental para a saúde dos pés e das unhas. Um calçado de numeração menor do que o do usuário pode provocar calos (calosidades duras) e bolhas (calosidades moles). Além disso, pode colaborar para que as unhas encravem. Calçados apertados e com bicos finos podem provocar a joanete.

Se a pressão do calçado apertado for na parte da frente da unha, pode acontecer o descolamento da unha (parecendo estar oca) e também o sangramento logo abaixo dela. Como o sangue não tem como sair, forma-se uma bolsa de sangue que só vai sair com o crescimento da unha, o que pode demorar cerca de 6 a 8 meses, dependendo do período do ano.

Os sapatos largos, por sua vez, causam menos problemas. Geralmente são bolhas, por conta do atrito da pele com o calçado frouxo.

Todas as pessoas devem ficar atentas ao tamanho do calçado na hora da compra e com os pontos críticos de pressão do mesmo sobre o pé. É possível levar o sapato a um sapateiro para lacear, no entanto, é mais adequado que a compra já seja feita no tamanho adequado a cada pessoa.

Dicas para a hora da compra de calçados aqui.

Contei pra vocês no twitter o problema que tive com uma Melissa, que não estava apertada, mas que mesmo assim descolou parte das duas unhas dos dedões dos pés, e formou a tal bolsa de sangue.
Foi MUITO doloroso, e por dias eu não conseguia nem TOCAR na unha.

Então uma dica válida também é: sapato incomodou? NÃO USE.  ”Melhor previnir, que remediar“, já dizia minha vó…

Mais uma vez, obrigada à podóloga Joana D’arc pela colaboração!

Beijos.

Gostou do blog? Então junte-se à nós no Facebook!